Reprodução/Arquivo

Durante a primeira sessão da Câmara dos Vereadores de Belo Jardim, no agreste do estado, após o recesso realizada nesta quinta-feira (1º de agosto) a bancada de oposição colocou em votação um pedido de convocação para que o prefeito do município, Hélio dos Terrenos (PTB), compareça ao plenário para prestar esclarecimentos.

O pedido, que foi protocolado pelo vereador Bruno Galvão (PT), é para esclarecimentos sobre as ações da gestão municipal em prol da causa animal em Belo Jardim e foi aprovado por nove votos.

Outro pedido de esclarecimentos foi feito pelo vereador Nilton Senhorinho (PSB) para que a primeira-dama e secretaria especial da mulher, Sandra Silva, para que ela preste esclarecimentos sobre os trabalhos de combate a violência contra a mulher, bem como de atendimento, acolhimento e outras políticas públicas desenvolvidas pela secretaria.

Esse pedido foi aprovado pelos votos dos vereadores Gilvandro Estrela (PV), Bruno Galvão, Nilton Senhorinho, Pitomba da Lotação (DEM), Marco Buchudo (PSB), Evandro Macarrão (DEM) e Tenente (PTB).

O vereador Marcelino Monteiro (PMDB) e a vereadora Dapaz (PSB), que alegou que a secretaria estava há cerca de um mês no cargo e ainda não possuía experiência para atender a convocação feita pela câmara.

O secretário de educação, Adriano Cândido, também foi convocado por unanimidade para prestar pré-esclarecimentos sobre o uso do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) entre os meses de janeiro e julho.

print