Foto: @afetodocee

O período da páscoa é marcado pela alta nas vendas de produtos feito com chocolate. Especialmente pela tradição de presentear amigos e familiares com o doce moldado em forma de ovo, que simboliza o renascimento.

Por causa disso, muitas pessoas investem na confecção de ovos artesanais, de diversos sabores e formatos e assim movimentam a economia. Uma dessas pessoas é a Jailza Nascimento, que trabalha vendendo doces caseiros há cerca de um ano e pela primeira vez investe na venda de ovos.

De acordo com Jailza, que vende as produções através do perfil das redes sociais @afetodocee, as pessoas ainda têm um pouco de resistência na compra de produtos artesanais, “mas vi um negócio lucrativo e estou na expectativa de bons lucros”, destaca ela.

Uma das vantagens dos ovos gourmet são os inúmeros sabores e modelos que podem ser feitos. Jailza diz que os mais pedidos são os chamados “ovos de colher” e nos sabores chocolate meio amargo, ninho, morango e coco, além dos ovos trufados, sabores e modelos que não são encontrados no mercado tradicional.

Outra pessoa que resolveu empreender e apostar na fabricação de doces para a páscoa é Larissa Alves. “Comecei vendendo morangos de chocolate para o dias das mães no ano passado e este ano resolvi investir na venda de ovos, pois vi uma oportunidade lucrativa e de ajudar minha mãe com as contas da casa e como está difícil arrumar emprego eu decidi criar meu próprio trabalho e estou tirando benefícios disso”, diz ela.

Foto: @sweet.dapascoa

Larissa, que administra o perfil nas redes sociais @sweet.dapascoa onde publica as suas produções, se diz esperançosa para as vendas nesse período de páscoa e investiu em opções de ovos de colher ou com a casca trufada.

Já no comércio tradicional, a expectativa dos lojistas para a páscoa de 2019 é de vendas mornas. De acordo com o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) Rogério Cordeiro, lojistas esperam que as vendas de produtos tradicionais nesse ano seja 15% menor que a do ano passado.

“Isso é um reflexo da crise financeira que assola o nosso país e deixa o povo sem dinheiro para gastar em coisas além do que é necessário”, diz ele.

print