Obra da Scave causa transtorno e moradora pede ajuda

Notícias

Segundo moradora, há o perigo de lama e entulhos virem parar no início da rua, onde fica localizada sua residência

Com o tempo mudando e algumas pancadas de chuva já terem sido evidenciadas em Belo Jardim, moradora da Rua 7 de setembro, no bairro Cohab I, solicitou que a Scave, empresa terceirizada da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) resolvesse as obras na localidade.

Segundo ela, com a chuva, há o perigo de lama e entulhos virem parar no início da rua, onde fica localizada sua residência. Em resposta ao BJ1, a Compesa divulgou nota e falou que o serviço era necessário para respeitar o tempo de cura do paralelepípedo.

Veja a nota:

“A Compesa esclarece que o material deixado sobre a vala tem a finalidade de evitar a passagem de veículos por cima do calçamento, respeitando o tempo de cura da reposição de paralelepípedo, que é de cerca de 28 dias. A sinalização com placas e telas foi adotada anteriormente, mas a mesma foi retirada por terceiros e houve danos ao serviço que precisou ser refeito. Por fim, informamos que o material já está sendo retirado para a varrição e liberação da via ainda hoje (08)”.

print

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *