Foto: André Nery/MEC

Do Blog de Jamildo

Três dias antes de deixar o cargo para disputar as eleições, o ministro da Educação, Mendonça Filho, anunciou na segunda-feira (2), a liberação de R$ 55,5 milhões para a Universidade Federal de Pernambuco. Desse valor, R$ 20,5 milhões serão para a instalação do campus em Goiana, na Região Metropolitana do Recife. Os outros R$ 35 milhões serão pagos em duas partes, uma de R$ 20 milhões este ano e R$ 15 milhões em 2019, para a reforma do teatro do Centro de Convenções da unidade no Recife.

A portaria que homologa o parecer credenciando a instalação do novo campus foi assinada por Mendonça Filho essa tarde, em Goiana. As atividades devem ser iniciadas em março de 2019.

Pela proposta de atuação, o local vai ofertar cursos de graduação interdisciplinar em dois ciclos de ensino. Nestes modelos, os alunos têm uma formação generalista na área escolhida, com duração de três anos, no primeiro ciclo, nas opções de bacharelado em ciência e tecnologia e licenciatura em ciências naturais e exatas. No segundo, escolhem uma área de atuação mais específica, entre os bacharelados em engenharia urbana e ambiental, engenharia da computação, engenharia elétrica e eletrônica e ciências farmacêuticas.

O foco desses cursos é atender à demanda dos polos automobilístico e farmacoquímico de Goiana.

O campus de Goiana terá 42 docentes e 32 servidores técnicos-administrativos, cuja contratação está sendo autorizada pelo Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão.

Teatro da UFPE

O teatro do Centro de Convenções da UFPE, no Recife, está interditado desde 2013, devido a um desgaste natural após 22 anos de uso com uma média de 250 eventos por ano. O projeto de reforma custou R$ R$ 2,1 milhões. Inicialmente, com os R$ 35 milhões anunciados, serão feitas obras contemplando o edifício principal do complexo edifício que abriga o teatro, além dos demais espaços de suporte.

Em fevereiro, havia sido assinada a ordem de serviço da primeira etapa, incluindo a ampliação da Concha Acústica e a construção do parqueamento, conjunto de acessos de veículos, pedestres, inclusive estacionamento. Antes disso, foram liberados ainda R$ 912.146,09 para o cinema digital da UFPE, que deve ser entregue até maio e funcionar nos fins de semana para cerca de 30 mil pessoas por ano.

print