Reprodução/Google Maps

Funcionários contratados pela Secretária de Saúde de Belo Jardim, no agreste do estado, denunciam que os salários referentes ao mês de julho estão em atraso. De acordo com uma funcionária, que não quis se identificar por medo de sofrer represálias no emprego, o salário deveria ter sido pago há cerca de duas semanas. “Era para receber todo mês dia 10, hoje são 21 de agosto e nós nem recebemos o mês de julho”, disse ela, informando ainda que eles não recebem nenhum prazo oficial.  

“Se a gente for receber depois do dia 30, a gente já vai ficar com o mês de agosto em atraso. Aí são dois meses e duas gratificações [sem receber]”, ela ainda falou que do valor das gratificações que é paga aos profissionais de saúde é descontado R$100 desde o início do ano.  

Por conta do atraso no pagamento a denunciante informou que está vivendo com contas atrasadas e muitas cobranças, informando ainda que o marido precisou recorrer ao cheque especial do banco para conseguir manter a casa. 

Sobre o trabalho ela informou que os funcionários contratados estão se sentindo acuados. “Medo né? Ninguém fala nada, é todo mundo calado, parece que está tudo em dias [com o salário]”.  

Na última terça-feira (20/08) o Ministério Público abriu uma investigação sobre atrasos nos salários e déficit do Fundo Previdenciário da Prefeitura de Belo Jardim. 

O BJ1 tentou entrar em contato com a prefeitura, mas até o fechamento da matéria não obteve resposta. 

print