Estação Ferroviária continua abandonada

Notícias Urgente

O local foi promessa de campanha das últimas gestões municipais e nenhuma tomou providências efetivas

Sobre obras inacabadas, material desperdiçado e dinheiro jogado no lixo ou quem sabe nos bolsos dos governantes municipais, as duas últimas gestões do executivo de Belo Jardim entendem muito bem. Como prova, a Estação Ferroviária, localizada na Praça Desembargador João Paes, que foi promessa de campanha do ex prefeito cassado e condenado, João Mendonça Jatobá e do atual prefeito Hélio dos Terrenos, continua inacabada.

O que se pode observar através de fotos recebidas pela equipe de jornalismo do BJ1 é uma situação de completo abandono e descaso total. Assim como demais obras espalhadas pela cidade, foi iniciada uma “maquiagem” na Estação Ferroviária e o pouco que foi feito, justamente por não haver fiscalização alguma, os vândalos roubaram, como janelas e portas.

Em setembro de 2019, o vereador e pré candidato a prefeito de Belo Jardim, Gilvandro Estrela, denunciou a situação do local e até hoje, nenhuma providência foi tomada para sanar o problema.  Gilvandro ainda comparou o prédio ao patrimônio ferroviário de outros municípios do estado, como Sanharó, Arcoverde e Serra Talhada, que são preservados e onde são mantidos centros culturais.

A Estação Ferroviária faz parte da história de Belo Jardim e deveria ser transformada em memorial/museu mostrando aos turistas e novas gerações o desenvolvimento da cidade ou até mesmo uma excelente opção de lazer para a população, como a instalação de cinema, teatro e espaço multicultural.

A denunciante declarou que “começaram a obra, investiram dinheiro e não finalizaram. Aí o material colocado lá está se acabando debaixo de sol e chuva, ou seja, dinheiro da população jogado fora e não é culpa de um de nem do outro, é culpa dos dois. Muito descaso com o patrimônio da nossa cidade”, relatou a fonte que pediu o anonimato.

ESTAÇÃO FERROVIÁRIA

A Estação Ferroviária de Belo Jardim foi inaugurada em fevereiro de 1906, com a chegada do primeiro trem. A ferrovia é de origem inglesa e em 1957 passou a ser administrada pelo governo federal, com o nome de Rede Ferroviária do Nordeste. Depois passou para uma administração mista, com o nome de Rede Ferroviária Federal S/A– RFFSA.

Em seguida, foi vendida e renomeada para Companhia Ferroviária do Nordeste. Atualmente pertence à Prefeitura de Belo Jardim. Em 2001, foi tombada pela Fundarpe. Os trens mais antigos eram a vapor, movidos a lenha e era necessário utilizar água para o controle de temperatura.

print

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *