Reprodução/Portal da Transparência

Mesmo alegando por diversas vezes que a Prefeitura de Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, está em crise, o prefeito autorizou que fosse gasto com os desfiles do 7 e 11 de setembro o valor de R$ 169.834,50. De acordo com edital, apenas com o coquetel foi gasto R$ 10.300,00.

Outro valor que chama atenção, foi o gasto com os disciplinadores, pouco mais de R$ 31 mil reais. Já com o lanche para os componentes das bandas participantes do IV Encontro de Bandas e Fanfarras, se gastou R$ 11.536,00.

Com o jantar self-service comemorativo do dia 11 de setembro foi gasto R$ 5.523,00. Cada prato servido saiu pelo valor de R$ 52,53. O palco ficou no valor de R$ 8.240,00 e a equipe de projeção, equipe de arte e execução do desfile custou R$ 27.037,50.

Ainda segundo consta no edital, a empresa ME, STUDIO NIGHT SERVIÇOS DE MONTAGEM DE PALCO EIRELI, de Igarassu, na Região Metropolitana do Recife, foi contrata para “organização de eventos com o objetivo de prestar serviços junto ao município de Belo Jardim para o Desfile Cívico e o Encontro de Bandas que ocorrerá nos dias 07 e 11 de Setembro de 2019, incluindo o fornecimento de materiais diversos e produção de alegorias”.

Tentamos entrar em contato com a empresa ME, STUDIO NIGHT SERVIÇOS DE MONTAGEM DE PALCO EIRELI, mas o responsável não foi encontrado para falar sobre o assunto. Já a assessoria de imprensa da Prefeitura de Belo Jardim não respondeu aos questionamentos do BJ1.

Confira aqui o edital completo com os gastos detalhados.

print