Fotos: Internet e reportagem BJ1

As entradas do município de Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, há cerca de um ano que apresentam problemas estruturais. Buracos nas vias e praças apresentando problemas no piso, além de lixo, mato e entulhos são os principais sinais de abandono vistos nos locais.

Na pórtico de entrada dos músicos, a praça que um dia já foi verde totalmente gramada, atualmente é preenchida com restos de brita em meio ao mato, lixo e entulhos. Até o poste principal do espaço, feito em concreto, apresenta problemas, como ferragem interna e fios expostos. A calçada do local e os contornos de alvenaria envolta dos canteiros também estão danificados. Nas vias de acesso ao município que passam pelo local, o asfalto está danificado, com remendos mal feitos e vários buracos.

Já na entrada do Santo Antônio, nas imediações do Hotel Asa Branca, os problemas encontrados são os mesmos da entrada dos músicos, com acréscimo de ferrugem nas letras de ferro que formam o nome “Belo Jardim” que há no local.

Como o município encontra-se sem assessores de comunicação e imprensa, a reportagem do BJ1 fez contato pelo telefone fixo da prefeitura, na tentativa de localizar alguém que respondesse pela assessoria e se posicionasse sobre o assunto, mas ninguém foi localizado.

Fotos: Reportagem BJ1

 

print