Foto: Reprodução/Facebook/Trends do Curado

A ambulância do município de Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, que captou com seis pessoas, incluindo duas grávidas e uma idosa, na noite dessa quarta-feira (12), no Curado, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, tinha diversas multas e infrações registradas.

Ao todo, o veículo recebeu 19 multas por transitar em velocidade superior a máxima permitida em até 20%; por conduzir o veículo com defeito no sistema de iluminação; por conduzir o automóvel com equipamento obrigatório ineficiente; e ainda por conduzir o veículo com qualquer uma das placas sem legibilidade. Somadas, os valores das multas chegam a R$ 2.501,24.

O Corpo de Bombeiros informou que a possível causa do acidente foi o excesso de velocidade, que fez com que o condutor perdesse o controle do veículo e colidisse contra a mureta da pista e em seguida capotasse. Além do excesso de velocidade, o veículo estava superlotado com seis pessoas, entre motorista, pacientes e acompanhantes, quando o normal seria quatro pessoas (motorista, profissional de saúde, paciente e acompanhante).

A reportagem do BJ1 entrou em contato com a assessoria de imprensa da Secretaria de Saúde de Belo Jardim para buscar esclarecimentos sobre o ocorrido. Em nota, a secretaria informou que lamenta o acidente e que está tomando todas as medidas cabíveis para solucionar o problema. Todavia, a nota não se posicionou sobre o excesso de pessoas no veículo e as diversas multas por irregularidades.

print