Belo Jardim: “O Belo está faltando e Jardim não há nenhum”

Notícias

Lixo acumulado nas ruas, animais abandonados, hospital sem médico, funcionários sem receber salários, trânsito caótico, jovens sem emprego e infinitas reclamações deixam a cidade com aspecto de abandono total

Até as praças tradicionais da cidade, que deveriam servir de local para convivência social, estão servindo como depósito de lixo e acúmulo de dejetos – Foto: Arquivo BJ1

Moradores da cidade de Belo Jardim, agreste pernambucano, estão demonstrando a insatisfação com a atual administração por deixar uma cidade com potencial econômico tão expressivo definhar a cada dia.

Em todos os segmentos e categorias, o que se vê são pessoas reclamando da saúde, da educação, da sujeira, da falta de oportunidade para os jovens, de não ter opção de lazer para a família, do descaso e precariedade que o prefeito Hélio dos Terrenos (PTB) trouxe à cidade.

Em diversos grupos de aplicativos de troca de mensagens, a queixa é uníssona, todos reclamam das mesmas coisas e parece que não afetam ou sensibilizam o executivo. Até as praças tradicionais da cidade, que deveriam servir de local para convivência social, estão servindo como depósito de lixo e acúmulo de dejetos.

A cidadã belo jardinense, Aparecida Cabral conversou com a equipe de jornalismo do BJ1 e desabafou sobre suas impressões da cidade “que tem tudo para ser destaque, mas, infelizmente, só está sendo motivo para reclamações”.

“A gente procura um local para levar os filhos, não tem. O jovem quer trabalhar, falta oportunidade. As empresas crescem, atraem pessoas de todos os lugares e a prefeitura fica parada no tempo. Você quer passear no Parque do Bambu, vai ser assaltada”, desabafou.

Aparecida ainda comentou sobre o comércio apagado da cidade, em meios às comemorações natalinas que deveriam aquecer a economia local. “Não tem uma decoração de Natal na cidade. O centro deveria estar iluminado, atraindo o público, as famílias para comprarem. Mas, o povo está indo para outras cidades, fazendo o dinheiro circular por lá”, finalizou.

Cidade abandonada e lixo tomando conta das ruas e praças
print

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *