“Arte em Serra do Vento” estimula espírito empreendedor e promove socialização para os jovens”

Notícias

O evento será importante para o desenvolvimento da comunidade, beneficiando todas as faixas etárias

Para o representante da comunidade, Nilsinho Alves, o sucesso do evento será garantido – Foto: BJ1

.

O projeto “Arte em Serra do Vento” de valorização à cultura no maior distrito de Belo Jardim vai abranger e beneficiar todas as idades. Para os jovens é uma grande oportunidade de apresentarem seu trabalhos, exporem seus produtos e serviços e, além de tudo isso, ainda se divertirem nas noites da festa.

No primeiro dia do evento, o carnaval será evidenciado. Já no Domingo, dia 02, o encerramento será ao som de muito forró, o que agrada bastante a população.

A avaliação de Nilsinho Alves, representante da comunidade, é que a “Arte em Serra do Vento” será importante para o desenvolvimento da comunidade como um todo. “Serra do Vento tem um potencial muito grande em termos de cultura, gastronomia e artesanato e é algo que não vem sendo explorado pelos políticos. Vimos isso e conversamos com Mendoncinha (o ex ministro da educação Mendonça Filho) que maturou a ideia e, através da Fundação Bitury, está fazendo essa belíssima festa”, relatou Nilsinho.

Para ele, o sucesso do evento será garantido. Agregando cultura ao lazer, é uma grande oportunidade para a socialização do jovem e valorização do produto local. “O jovem gosta muito desses eventos, porque traz cantores que eles curtem. Sem falar que é um pontapé para uma possível futura renda para eles, pois o artesanato tem a possibilidade de gerar renda. Quem sabe se com essa festa não estimule o espírito empreendedor deles”, explicou.

Literatura também será prestigiada no “Arte em Serra do Vento” – Foto: BJ1

Em Serra do Vento a cultura é tão forte que até a literatura será exposta por um jovem escritor, o Rhazelpony Hananias. “É uma cultura bastante rica, vem de muito tempo… Minha tia comentava sobre o coco de roda, sobre o cordel, sobre tudo o que vivíamos aqui em Serra do Vento… Lembro ainda na última participação da minha família no “Agosto das Artes”, quando entreguei um cordel à dona Conceição Moura. Eu sinto que é importante ter visibilidade, é importante fazer com que as pessoas se orgulhem daquilo que elas tem”, disse o escritor.

Para as pessoas que desejarem participar, a organização disponibilizou um ônibus saindo de dois pontos de Belo Jardim para Serra do Vento: da Praça da Conceição e da Colegial, com horários de partida às 14h, 16h e 19h e retornando às 15h30, 17h30 e 22h, respectivamente.

O projeto, realizado pela Fundação Bitury e patrocinado pelo Sebrae e Baterias Moura, reúne parceiros e apoiadores da cidade e região e vai oferecer uma programação com exposição e venda de peças artesanais de Belo Jardim e  de cidades vizinhas, alimentos regionais, cadastro no Credi Amigo e Agro Amigo do Banco do Nordeste, palestras, oficinas e shows com músicos da terra.

print

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *