Cortesia

Alunos e professores decidiram paralisar as atividades da Faculdade de Formação de Professores de Belo Jardim. A Autarquia Educacional está enfrentando a maior crise financeira da história, como apurado na manhã de hoje pelo BJ1. (Veja o vídeo acima).

Em vídeo que circula nas redes sociais, é possível ver o momento em que plateia vaia e liga a lanterna dos celulares em forma de protesto com a atuação situação da faculdade.

AEB sofre com problemas estruturais, falta de cadeiras para os alunos assistirem aulas, ventiladores quebrados, falta de papel higiênico, salários atrasados, atraso no pagamento das Certidões Negativas de Débito (CND), entre outros problemas.

De acordo com professores da faculdade, em uma reunião para tratar do assunto, o prefeito Hélio dos Terrenos (PTB) teria dito que “não há interesse em ajudar”.

Em breve todos os detalhes sobre o protesto.

print