Redes sociais

O líder da oposição na Câmara de vereadores de Belo Jardim, Gilvandro Estrela (PV) denunciou através das redes sociais que as obras da creche Paulo Guerra, no Boa Vista, estão paralisadas. De acordo com o vereador, que fez uma visita ao local, os moradores da região informaram que há mais de 30 dias que a obra está abandonada.  

Em um vídeo, o parlamentar mostra as instalações da creche com mato alto e completamente abandonada. “Uma creche, que poderia estar atendendo hoje cerca de 120 crianças, veja aí, meus senhores, em que estado se encontra. Uma obra, feita com dinheiro público, que está abandonada”, completa o vereador.  

No início de janeiro a prefeitura do município assinou uma ordem de serviço para retomada das obras, dando um prazo de 180 dias para a finalização da mesma.  

Creche do Boa Vista  

A obra de construção da creche, que estava mais de 60% em 2017, recebeu investimento do MEC, repassado pelo ex-ministro da educação Mendonça Filho. Orçada em R$667 mil, a creche terá capacidade para atender 120 crianças em dois turnos ou 60, em período integral.  

Recursos destinados ao município 

Dos mais de R$ 28 milhões liberados para o município, R$ 17,7 foram destinados à educação básica municipal. Na carteira de obras pactuadas pelo MEC com a prefeitura de Belo Jardim, cerca de R$ 10 milhões foram liberados ainda na gestão interina de Gilvandro Estrela (PV), em 2017, para a construção da Quadra do Castelinho, creches Cohab II e Paulo Guerra (Boa Vista), construção da Quadra de Serra do Vento, a creche do Maria Cristina, Bom Conselho e ampliações da Escola Castelinho e Débora Barbosa. 

Os outros R$ 7,7 milhões foram liberados já na atual gestão de Hélio dos Terrenos, para novas obras de educação no bairro da Cohab I, Água Fria, Bom Conselho, Serra do Vento e Vila Raiz. 

Como ministro da Educação, Mendonça Filho garantiu também investimentos de cerca de R$ 10 milhões para o Instituto Federal de Belo Jardim para obras de acessibilidade, saneamento e construção de bloco de salas de aula do curso de informática. Mendonça garantiu ainda a liberação do curso de Engenharia de Software para o IFPE Belo Jardim. 

print