Universidade inscreve empresas do agreste para parceria de pesquisa e estágio

Agreste Destaque

O foco será desenvolver soluções tecnológicas e formação de mão de obra qualificada para indústria

Foto: Rochélle Alves /Lincecomkt

A Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) inscreve, a partir desta quarta-feira (25), empresas de todo o Estado, especialmente do Agreste, no programa de parceria, que é dividido em dois eixos: desenvolver soluções tecnológicas inovadoras para empresas e formar mão de obra qualificada para atuar na indústria.

O programa é realizado pela Unidade Acadêmica do Cabo de Santo Agostinho (UACSA), especializada em Engenharia, para resolver demandas do setor produtivo. As empresas interessadas devem enviar eemail para institucional.uacsa@ufrpe.br.

“Até o I Conecta UFRPE, estávamos voltados para atender, principalmente, as indústrias do polo de Suape, mas o evento gerou uma procura tão grande, que decidimos ampliar o acesso às demais empresas do Estado”, afirma Rafael Alves, presidente da Comissão de Relações Institucionais e Inovação da UACSA, responsável pelas parcerias.

O I Conecta UFRPE ocorreu, no dia 17 deste mês, e aproximou a universidade das empresas, com estudos de caso e apresentação das demandas de empreendimentos industriais. As 120 vagas esgotaram rapidamente, formando uma lista de espera, e das 15 empresas participantes, oito estão em negociações avançadas para fechar parceria com a Universidade, entre elas duas do polo de Goiana.

“O encontro nos fez perceber que havia uma demanda reprimida entre as empresas pela produção de um conhecimento que seja diretamente aplicado para agregar valor aos seus negócios e que essa demanda era muito maior do que havíamos pensado”, explica o diretor da UACSA, Marcos Oriá.

Por isso, a Unidade disponibilizará pesquisadores com doutorado nas áreas de Engenharia de Materiais, Elétrica, Eletrônica, Mecânica, Civil, Física, Química, Matemática e Computação. Os alunos de graduação e pós-graduação, como os do mestrado de Engenharia Física, pioneiro no país, que alia os conceitos da Física às aplicações práticas da Engenharia, participarão das pesquisas e também de estágios.

“Outro ponto fundamental, é que as empresas parceiras também terão acesso a toda uma infraestrutura de pesquisa de última geração”, ressalta o vice-presidente da Comissão de Relações Institucionais e Inovação da UACSA, Adriano Marques.

print

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *