Arquivo/Agência Brasil

Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, registou em julho, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), 142 desligamentos contra 111 admissões, um saldo negativo de 31 vagas formais com carteira assinada fechada.

O município segue na contramão do país e da região. No mesmo mês, a região do Vale do Ipojuca apresentou saldo positivo de 83 novas vagas de trabalho com carteira assinada. Já o país, registrou a abertura de 43.820 vagas, crescimento de 0,11% em relação ao estoque de junho.

Pernambuco também aparece com saldo negativo na geração de empregos. O saldo negativo em julho deste ano foi resultado de 29.087 desligamentos contra 28.834 admissões.

print