Adriano Cândido, secretário de Educação. Foto: Reprodução/Internet

Após o BJ1 publicar com exclusividade que o vereador Bruno Galvão (PT) solicitou através de convocação, na sessão ordinária da última terça-feira (12) na Câmara de Vereadores de Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, o comparecimento do secretário de Educação do município, Adriano Cândido, para prestar esclarecimentos na tribuna da Casa Legislativa sobre os supostos casos de atrasos de salários dos servidores da pasta, a assessoria comunicação confirmou a denúncia apresentada pelo parlamentar.

Em nota enviada ao BJ1, a secretaria admitiu que está em atraso nos salários dos motoristas do transporte administrativo. “No que diz respeito ao transporte administrativo, de fato, há um pequeno atraso salarial por questões operacionais da empresa terceirizada, contudo, esta confirmou que efetuará o devido ainda na próxima semana”.

Indagado pela reportagem do BJ1 sobre a sua convocação para prestar esclarecimento na Câmara de Vereadores do município, o secretário Adriano Cândido não confirmou se irá ou não comparecer na Casa Legislativa.

Em relação às denúncias de que haveriam servidores com quatro meses de salários atrasados, a assessoria negou a versão. “No tocante a supostos atrasos salariais de 04 (quatro) meses dos servidores da Secretaria de Educação, asseguro-lhes que esta alegação está plenamente desconexa da realidade fática, visto que a folha de pagamento dos nossos servidores está totalmente atualizada, inclusive, com o pagamento do décimo terceiro salário dos funcionários efetivos, inativos e contratados, ocorrido em dezembro do exercício anterior”.

print