Bombeiros de BJ estão com apenas 2 viaturas, um veículo Gol e um caminhão de combate a incêndios | Foto: Reportagem BJ1

Há meses desde o fim do ano passado, o BJ1 vem noticiando problemas e constantes faltas de viaturas no Corpo de Bombeiros de Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco. E o último registro é da ausência da ambulância de resgate da unidade. Na última quarta-feira (30), por sinal, a nossa reportagem noticiou o caso de um mototaxista que caiu da moto que pilotava e teve que esperar cerca de 2h até ser socorrido para o Hospital Júlio Alves de Lira / UPA 24h. A demora no resgate da vítima se deu também porque o município está sem ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Após inúmeros questionamentos às assessorias de comunicação e imprensa da Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS-PE) e do Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco (CBMPE), todos até então sem o esclarecimento devido em relação ao caso, eis que nesta sexta-feira (1) a Central de Comunicação Social do CBMPE, órgão do governo do Estado, enviou uma nota comentando o assunto.

O texto oficial enviado diz que “a viatura de resgate da Seção de Bombeiros de Belo Jardim apresentou problemas mecânicos e está passando por manutenção”, e que “a expectativa é que o veículo já esteja disponível para o trabalho na primeira quinzena de fevereiro”. O texto diz ainda que, até que a ambulância de Belo Jardim tenha seu conserto concluído, “os resgates na área estão sendo feitos pelas viaturas das demais seções localizadas na região”.

A partir da nota, pode-se concluir que os atendimentos de resgate nos municípios da área da Seção de Bombeiros de Belo Jardim, que além da cidade sede cobre também São Bento do Una e Tacaimbó, isto é, uma população total de 148.053 habitantes, dependerá da vinda das ambulâncias das seções de bombeiros de Pesqueira (distante 30 km) ou Caruaru (situada a 50 km), que são as mais próximas da área de Belo Jardim.

Confira reportagem da TV Jornal sobre o caso:

Histórico de problemas

Em anos anteriores, a população do município já chegou a sofrer com a falta de viaturas e equipamentos novos na corporação local dos bombeiros. Inclusive o assunto chegou a ser destaque em meios de comunicação da imprensa estadual como TV Jornal e Jornal do Commercio. Em junho de 2012, como mostra a foto abaixo, o assunto foi destaque nas páginas do Jornal do Commercio:

Foto: Arquivo/Reprodução Jornal do Commercio

A situação reforça um possível desgaste da frota de viaturas do Corpo de Bombeiros de Belo Jardim, realidade bem diferente de outros municípios pernambucanos que, recentemente, foram contemplados com a inauguração de seções do CB com frotas novas e bem equipadas.

Nos últimos quatro anos, o CB ganhou novas unidades com novas viaturas em municípios como Arcoverde, Toritama, Afogados da Ingazeira, Salgueiro, Bom Conselho, entre outros. Somente em 2018, por exemplo, unidades dos Bombeiros foram inauguradas com viaturas e equipamentos novos nos municípios de Pesqueira, Bonito, Carpina, São José do Egito, Floresta, São José do Belmonte e Surubim. Isto é, situação bem distinta da registrada na Seção de Bombeiros de Belo Jardim. Veja nas fotos abaixo:

Viaturas novas na recém-inaugurada Seção de Bombeiros de Pesqueira | Foto: Reprodução Pesqueira Em Foco

Viaturas novas no recém-inaugurado Grupamento de Bombeiros de Carpina | Foto: Reprodução Blog Informativo Wildes Britto

Viaturas novas na recém-inaugurada Seção de Bombeiros de São José do Egito | Foto: Reprodução Site Repórter do Sertão

print