Gilmar da Silva foi encaminhado ao Presídio Desembargador Augusto Duque, em Pesqueira. Divulgação/PC

A Polícia Civil de Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, cumpriu mandado de prisão na tarde dessa quarta-feira (10) contra um homem suspeito de tentativa de feminicídio, ocorrido no dia 23 de junho, no Santo Antônio.

O agressor foi identificado como Gilmar da Silva, ex-companheiro da vítima, e foi preso na Cohab I. De acordo com a PC, após receber alta médica a vítima retomou sua rotina de trabalho em uma banca de rua e na última quinta-feira (4) quando foi surpreendida pela presença de Gilmar, que fez menção em estar armado. Assustada, a mulher correu para o lado oposto da rua, onde foi seguida pelo agressor, que somente foi embora após populares, alertados pela vítima, saírem atrás dele.

Ainda de acordo com informações da PC, o homem teria dito a algumas pessoas que como seria preso de qualquer jeito ao menos terminaria o “serviço” de ceifar com a vítima da mulher.

Com medo, a mulher passou a ficar em diferentes locais longe da residência onde mora. Ela vinha recebendo assistência material e acompanhamento psicológico. Gilmar foi preso e responderá pelo crime de tentativa de feminicídio. Ele foi encaminhado para o Presídio Desembargador Augusto Duque, em Pesqueira, também no Agreste.

Relembre o caso

No domingo (23) de junho, no Santo Antônio, uma mulher de 22 anos foi esfaqueada várias vezes pelo ex-companheiro enquanto dormia. Segundo informações da PM, o suspeito invadiu a residência com uma faca e esfaqueou a vítima cerca de cinco vezes nas costas e na nuca. Devido aos ferimentos, a mulher foi encaminhada ao Hospital da Restauração (HR), no Recife.

print