Motoristas do transporte escolar cobram 3 meses de salários atrasados

Belo Jardim Notícias Urgente

Segundo eles, os meses de novembro e dezembro de 2019 e fevereiro deste ano estão em atraso

Arquivo/Cortesia

Os profissionais que fazem o transporte escolar de alunos da zona rural e dos distritos de Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, divulgaram nota cobrando três meses de salários atrasados da prefeitura.

De acordo com a categoria, os meses de novembro e dezembro de 2019 e fevereiro deste ano estão em atraso. “Nós estamos entregues à própria sorte, pela falta de pagamento, implorando socorro ao secretário de Educação, Adriano Cândido e aos prefeitos de fato e de direito, Wilsinho e Hélio dos Terrenos”, diz um trecho da nota.

A reportagem do BJ1 apurou que referente ao mês de março a prefeitura irá pagar apenas os dias em que os profissionais rodaram, descontando os dias em que estão parados devidos a suspensão das aulas da rede municipal e estadual por conta da pandemia do coronavírus.

Leia a nota na íntegra:

Em nome de todos os toyoteitos que fazem o transporte escolar em Belo Jardim, vimos denunciar a situação difícil que estamos vivendo pelo não pagamento dos nossos salários referentes aos meses de novembro e dezembro de 2019, e o mês de fevereiro de 2020.

A pandemia do coronavírus afeta a todos nós. E nesse momento em que as pessoas estão comprando o máximo de mantimentos para as suas famílias, e se isolando em casa para evitar a transmissão, como as autoridades orientam, nós estamos entregues a própria sorte, pela falta de pagamento, implorando socorro ao secretário de Educação, Adriano Cândido e aos prefeitos de fato e de direito, Wilsinho e Hélio dos Terrenos.

Pedimos que divulguem essa nota para nos ajudar a resolver essa situação.

print

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *