Reportagem/BJ1

Motoristas que precisam passar pela rua Amélia Paes, no bairro Boa Vista nos horários de entrada e saída de alunos da rede pública denunciam a falta de fiscalização da Autarquia Municipal de Trânsito e Transporte de Belo Jardim (Belotran), nos horários de parada dos transportes escolares.  

De acordo com André Luiz, que precisa passar pelo local diariamente, o problema são os transportes escolares, incluindo ônibus e vans estacionam nos dois lados da via. Isso limita o espaço disponível para que os motoristas possam trafegar.  

“Chega um ônibus, por exemplo, e para no meio da via na faixa da direita sentido Castelinho – Praça do Cassiano, aí vem outro ônibus na faixa contrária (da esquerda) sentido Praça do Cassiano – Castelinho e para tbm no meio da via. E às vezes ainda surgem outros ônibus e param do mesmo jeito atrás dos que já tinham parado primeiro, fazendo fila de ônibus, o que é pior ainda”, relata ele. 

Com isso, ele diz que o trânsito fica totalmente parado, com os motoristas levando em média 5 minutos para atravessar o percurso que possui poucos metros de extensão. Na maioria das vezes é necessário esperar o semáforo que fica no início da rua duas ou três vezes, porque a fila de ônibus e vans impede que o trânsito flua normalmente, de acordo com a denúncia. 

“Há dias em que os guardas da Belotran ficam pelo local, mas ainda não assim não fazem muita coisa pra disciplinar as paradas dos ônibus escolares que para, literalmente, no meio da via para os alunos desembarcarem. E na maioria dos dias os guardas não aparecem por lá”, denuncia.  

O BJ1 tentou entrar em contato com a Belotran, mas até o fechamento da matéria não conseguiu nenhuma resposta.

print