Reportagem/ BJ1

Moradores do bairro Cohab 1, em Belo Jardim, no agreste do estado, denunciam que há cerca de dois meses que a Unidade Básica de Saúde (UBS) Aluízio Clemente está sem médico.  

Eliel José, morador do bairro há 26 anos, relata que é a primeira vez que a unidade de saúde passa tanto tempo sem atendimento médico. “A gente procura a secretaria de saúde e eles só falam que vão resolver [a questão da falta de médico], mas só fica nisso”, diz ele, que também denuncia a falta de medicamentos básicos no local.  

Outra moradora do local, que não quis ser identificada, relata que há três semanas está tentando conseguir uma receita para comprar medicamentos de uso controlado para o filho e para os pais, mas não consegue. “O outro posto de saúde do bairro tem uma médica, mas ela não dá [a receita] para quem não é da área, como a gente”, diz a denunciante.  

“Na farmácia do postinho não tem nem dipirona e você também não consegue a receita para comprar o remédio controlado e fica em uma situação complicada”, completa a moradora. 

De acordo com ela os funcionários da UBS indicam ir para o Hospital Júlio Alves ou para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), porém a denunciante informa que esses locais não entregam as receitas médicas.  

A equipe do BJ1 tentou entrar em contato com a secretaria de saúde, mas até o fechamento da matéria não obteve resposta. 

print