Moradores de Cavalo Morto denunciam falta de água nas torneiras

Belo Jardim

Foto: Ilustração

Os moradores da comunidade de Cavalo Morto, na zona rural de Belo Jardim, Agreste de Pernambuco, sofrem com a falta de água nas torneiras há mais de um ano. Mesmo com a volta do abastecimento por rodízio no município desde a segunda quinzena de junho, a localidade não recebeu uma gota d’água.

 

A dona de casa, Maria das Dores, procurou o BJ1 para relatar a difícil situação que os moradores de Cavalo Morto estão passando. “A situação está péssima. Não temos água, temos idosos que precisam tomar banho, precisam de tudo, a gente não tem condições de está pagando 40 reais para está comprando água para tomar banho, para lavar roupa”, desabafou a mulher.

 

Ainda de acordo com a dona de casa, ela procurou a Compesa, responsável pelo abastecimento no município e não recebeu qualquer informação. “Fui até lá e não me falaram nada, me deram um número para procurar a gerencia, mas como vou entrar em contato se não tenho como me comunicar?”, disse.

 

Em nota, a Compesa informou que a área de Cavalo Morto é abastecida pela Adutora de Sanharó que, depois de um severo colapso, terá o sistema acionado esta semana. A empresa informa ainda que, caso ocorra tudo dentro da normalidade durante a operação do sistema, a comunidade será abastecida. “A previsão é que na quinta-feira (24) já deve chegar água nesta localidade”, informou a nota.

print

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *