Divulgação/ Assessoria

O deputado federal e ex-ministro da Educação, Mendonça Filho, foi surpreendido com uma homenagem feita pela direção do campus Ipojuca do Instituto Federal de Pernambuco, na manhã deste sábado (22). A placa em reconhecimento ao trabalho do ex-ministro pela educação técnica e profissionalizante em Pernambuco, foi entregue durante a cerimônia de inauguração da biblioteca do campus Ipojuca, a obra do equipamento foi autorizada por Mendonça em 2017. Quando ministro foram aproximadamente R$150 milhões investidos pelo MEC somente no IFPE.

“De todos os cargos que ocupei, o de ministro foi o mais marcante, pelo poder transformador da educação. No IFPE pudemos fazer uma mudança radical, temos um novo IFPE. Assumimos o compromisso com o projeto de expansão que não havia avançado e garantimos obras e autorização de novos campis definitivos”, comemorou Mendonça.

Segundo o diretor do campus Ipojuca, Ênio de Lima, a biblioteca servirá a comunidade e não só alunos e servidores. “O campus completou 10 anos e de presente ganhamos essa biblioteca, que será um espaço para atender a Ipojuca, aos alunos e professores do IF. Trabalhamos para ter um ambiente em que os alunos se sintam bem e tenham vontade de permanecer aqui”, explicou.

A biblioteca de Ipojuca contou com aproximadamente R$3,5 milhões e integra um número expressivo de obras de bibliotecas do IFPE que foram iniciadas na gestão de Mendonça Filho. Ao todo são nove obras, três delas já inauguradas em campis definitivos, Caruaru, Garanhuns e Ipojuca. Outras seis bibliotecas integram os projetos de novos campi. “Não existe um campuns do IFPE de Pernambuco que não tenha uma obra. Não se faz educação sem infraestrutura. Nove bibliotecas é um baluarte em favor da educação, da cultura da expansão e aprofundamento educacional dos jovens”, destacou a reitora do Instituto, Anália Ribeiro.

Durante a cerimônia de inauguração da biblioteca do campus ipojuca foi assinada a ordem de serviço de obras de infraestrutura e do campus Barreiros. Ao todo serão R$5 milhões em novas obras naquele instituto.

print