Cortesia

Duas mães de alunos da Escola Municipal Santa Marta, que fica localizada no Sítio Araras, na zona rural de Belo Jardim, e cujo teto caiu há cerca de um mês denunciaram ao BJ1 que a Secretaria de Educação do Município não dispôs de cuidadores para alunos com necessidades especiais que estudam na instituição.

Eliane Maria, que é mãe de um menino de quatro anos, informou que o filho “precisa de uma cuidadora e não tem. Eu fui em Belo Jardim e eles prometeram que iam colocar uma cuidadora e até hoje espero e depois que o teto da escola caiu ele não vai para a escola, porque só fica chorando”, relatou ela, “ele foi um dia e chorou tanto que inflamou a garganta”, completou.

Já Maria Helena, mãe de uma outra criança da comunidade informou que “já tinha feito matrícula, peguei atestado para comprovar que ela precisa de um cuidador e até hoje não apareceu nada (…) é obrigação e eles tem que ir pra escola”.

“Até os papéis do médico, que eu fui com tanto sacrifício pegar atestado, laudo médico para ver o problema dela, e até isso deram fim aqui nesse colégio. Eu fui atras e disseram que não tem mais esse papel e fizeram o que com esse papel? Sem um cuidador eu não boto a minha [filha] pra ir pra escola”, falou Maria Helena a equipe do BJ1.

O BJ1 tentou entrar em contato com a Prefeitura, sobre a falta de cuidadores para crianças que possuem alguma necessidade especial e que é obrigatório desde 2013, mas até o momento não teve os seus questionamentos respondidos.

print