Reportagem / BJ1

A população de Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, já pode realizar o cadastramento biométrico para as eleições municipais de 2020. Os eleitores do município terão que contar com o cadastro biométrico para votar, caso não o faça, terá o título de eleitor cancelado, como explica o Juiz da 45° zona Eleitoral de Belo Jardim, Douglas Silva. “Além de ter o título cancelado e não poder votar, ele também não vai poder ter acesso a benefícios sociais, como o Bolsa Família, não vai poder, se passar em concurso publico, ingressar no cargo, não vai poder se matricular em instituição de ensino, adquirir empréstimo, entre outros benefícios que podem ser cortados”, disse.

O agendamento para realizar o procedimento de cadastramento biométrico é feito pela internet, através do site do Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

“A partir de agora, deste momento, já está liberado o cadastro que é feito pela internet. O eleitor entra no site www.tre-pe.jus.br clica em biometria e faz o seu agendamento. Para comparecer ele deve trazer alguns documentos, que é comprovação de domicilio eleitoral, como conta de água e luz, contrato de trabalho ou de locação do imóvel, por exemplo, e também um documento de identificação, como RG, carteira de trabalho, certidão de casamento e certidão de nascimento” detalhou.

O juiz explica ainda que quem não tiver acesso a internet pode procurar algum dos treze vereadores do município e pedir auxilio para realizar o agendamento ou comparecer no ponto de atendimento ao eleitor, que fica localizado na Rua Rogaciano Leite, N° 79, Cohab I, ao lado do Casarão do Chopp. “Chegando aqui, havendo vagas, havendo senhas, ele será atendido normalmente. Quando mais os eleitores de Belo Jardim divulgarem aos parentes, amigos, e outros eleitores, mais importante para a gente terminar esse castro o quanto antes”.

print