Reprodução/Facebook

O vereador e líder da oposição, Gilvandro Estrela (PV), usou o plenário da Câmara de Vereadores de Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, para alertar sobre o projeto de lei federal 13855/2019 que trata sobre o transporte alternativo em rodovias federais no país. Segundo o parlamentar, a lei dificulta o trabalho da categoria.

Gilvandro alertou que a região mais prejudicada será o Nordeste e em especial Pernambuco. “Sabemos que não só temos a BR-232 que é o coração de Pernambuco, mas também outras rodovias e milhares de motoristas […] que fazem esse transporte alternativo”, disse.

“A lei entra em vigor a partir do dia 8 de outubro e quem estiver transportando passageiros sem a devida autorização que não é fácil conseguir, terá, além da multa, seus veículos aprendidos”, relatou.

Preocupado com o assunto, o parlamentar entrou em contato com o ex-ministro da Educação e deputado federal, Mendonça Filho, e o deputado federal Augusto Coutinho (Solidariedade), para que o assunto fosse debatido no plenário da Câmara dos Deputados e com a Agência Nacional de Transportes Terrestres. Gilvandro ainda afirmou que irá recorrer ao apoio das deputadas estaduais Teresa Leitão (PT) e Priscila Krause (DEM).

print