Reprodução/Google Maps

Um funcionário efetivo da Secretaria de Saúde de Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, denunciou com exclusividade ao BJ1 que já sofreu ameaças por parte de funcionários da pasta pelo simples motivo de denunciar as irregularidades que são cometidas pela secretaria. “Eles não sabem tratar os funcionários, chamam todos de fuxiqueiros e ameaçam os contratados de demissão e os efetivos que vão colocar na justiça caso continuem denunciando na rádio”, disse.

Ainda de acordo com o servidor, mesmo após Belo Jardim estar entre as cidades com risco de surto de dengue, zika e chikungunya, a Secretaria de Saúde deixou que faltasse larvicida por cerca de três dias na semana passada. “Eles deixaram faltar o larvicida e só compraram de novo porque reclamamos que estava sem”, contou.

O funcionário preferiu não ter o nome divulgado.

O BJ1 entrou em contato com a assessoria de imprensa da Secretaria de Saúde de Belo Jardim que informou que “se de fato isso aconteceu, o funcionário deve procurar o RH e fazer a denúncia do abuso. A assessoria informou ainda desconhecer esse tipo de comportamento na gestão. Por fim, afirmou que ‘isso não cabe a assessoria resolver”.

print