Foto: Reportagem / BJ1

Do NE10 Interior 

A motivação para o assassinato de um empresário nessa quinta-feira (10) em Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, foi uma desavença familiar, de acordo com o delegado João Carlos, responsável pela investigação. Suspeito de ser mandante do crime, o filho da vítima foi preso junto com um amigo, apontado como executor.

Polícia divulga identidade do suspeito de estuprar jovens em bar
Filho é preso suspeito de mandar matar o próprio pai em Belo Jardim. De acordo com o delegado João Carlos, o homem teria passado uma temporada em São Paulo. Na volta para casa, pediu ajuda financeira ao pai, que teria negado. Foi aí que o filho planejou o assassinato junto com um amigo.

O caso aconteceu em uma avenida movimentada no centro da cidade. A vítima estava dentro de um carro quando foi atingida pelos tiros. O empresário chegou a ser levado para o hospital do município, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu. Os suspeitos foram presos pouco após o crime e levados para a delegacia.

O filho da vítima e o amigo foram autuados por homicídio qualificado, porte ilegal de arma de fogo e posse de entorpecentes, pois havia maconha dentro do veículo que utilizavam para fugir.

O empresário era dono de granjas no município de Tacaimbó, também no Agreste, e costumava ir a Belo Jardim com frequência. O caso segue sob investigação.

print