Reprodução/TCE

Prefeito, secretários e funcionários da Prefeitura Municipal de Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, gastaram, entre janeiro e agosto deste ano, o montante de R$ 439.805,00 em diárias. Os dados estão no site Tome Conta, do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE).

Se somando o valor que foi gasto com passagens e despesas com locomoção, a quantia sobe para R$ 506.526,00.

A título de comparação, no mesmo período, a Prefeitura de Arcoverde, no Sertão, gastou R$ 259.513,00, pouco mais de R$ 180 mil a menos. Em Garanhuns, foi gasto R$ 363.215,00, uma economia de R$ 76 mil em relação ao que foi gasto em Belo Jardim.

No levantamento mensal, março é o mês que lidera o ranking, com R$ 81.250,00 gasto, seguido por julho, R$ 78.270,00, e agosto, R$ 69.350,00.

O valor gasto com diárias é maior do que o que foi gasto com direitos da cidadania e desporto comunitário, por exemplo, no mesmo período de 8 meses.

print