(Foto: Reportagem / BJ1).

Com o crescimento populacional e na frota de veículos em Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, dirigir na cidade está cada vez mais complicado e arriscado para motoristas e pedestres. Além da falta de sinalização nas principais ruas do centro não é difícil encontrar condutores que não respeitam as regras de trânsito e causam acidentes.

No último sábado (5), no cruzamento da Avenida Deputado José Mendonça Bezerra, no Centro, que liga as ruas Coronel Adjar Maciel e São Lourenço, um carro de passeio colidiu em uma motocicleta. O condutor da moto foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e socorrido para o Hospital Júlio Alves de Lira (HJAL)/UPA 24 horas com ferimentos leves.

Não é difícil observar motoristas desrespeitando o sinal vermelho no cruzamento, tanto no sentido que segue na Avenida tanto como no sentido que liga as duas ruas. O risco de acidentes é frequente, principalmente durante a noite. Outro ponto que chama atenção, é falta de uma faixa de pedestre no local. A antiga faixa se apagou com o tempo e não foi restaurada.

Outros locais preocupam e chamam a atenção pela falta de sinalização e principalmente da faixa de pedestres. Estão sem faixa as principais ruas da cidade, que liga as praças dos Motoristas, Padre Cícero e Praça do Cassiano, além da Primeiro de Janeiro, Avenida Deputado José Mendonça Bezerra, Ponte Nova, na entrada da cidade, Praça dos Eucaliptos e na rua Coronel Antônio Marinho, onde fica localizado duas escolas estaduais.

O BJ1 entrou em contato com a BeloTran, por meio da Assessoria de Imprensa e Comunicação da Prefeitura de Belo Jardim, mas até o fechamento da matéria não recebeu nenhum posicionamento do município.

print