Foto: Pixabay

Por Ingrid Cordeiro, do MundoBit

O Facebook e o Instagram pretendem ser mais rígidos com as contas de crianças e adolescentes. De acordo com o site Tech Crunch, a empresa de Zuckerberg vai monitorar com mais afinco as contas de usuários com menos de 13 anos. Essa é a idade mínima permitida nos Estados Unidos para se abrir uma conta em redes sociais.

Antes o Facebook só excluía conta de menores se elas fossem denunciadas, mas a empresa anunciou que reorientou os revisores para que suspendam automaticamente a conta se o desconfiarem que o usuário é menor de 13 anos. Para poder recuperar a conta, o usuário terá de comprovar sua idade. Outra medida é o de dobrar a quantidade de funcionários da área de segurança e proteção para 20 mil pessoas.

Essa mudança só aconteceu após uma denúncia do canal britânico Channel 4 que exibiu o documentário “Inside Facebook: Secrets of a Social Network”. Nele, um jornalista se disfarçou de revisor da rede social e mostrou que os funcionários ignoravam contas de usuários que pareciam ser menores de idade.

Messenger kids

Como alternativa para as crianças, a empresa de Mark Zuckerberg tem trabalhado no Messenger Kids. O aplicativo de mensagens direcionado para esse público ainda está em fase de expansão e visa permitir crianças de 6 a 12 anos de conversar com pessoas pelo celular, contanto que haja aprovação dos responsáveis.

print