Assinatura da ordem de serviço realizada em 30 de janeiro passado. Foto: Divulgação / Ascom-PMBJ

Paralelo à divulgação dos áudios da irmã do prefeito Hélio dos Terrenos (PTB) sobre um suposto escândalo dentro da prefeitura, outra surpresa pegou os belo-jardinenses nos últimos dias: a paralisação das obras de reforma de três praças importantes em Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco.

Já se passaram 48 dias desde a assinatura da ordem de serviço para a reforma das praças dos Motoristas, Padre Cícero e dos Correios. De acordo com a prefeitura, o prazo de conclusão seria de 90 dias, ou seja, restam apenas 42 dias para o término dos serviços nas praças.

Praça do Padre Cícero. Foto: Reportagem / BJ1

Outro fato que chama atenção é que a Praça dos Correios ainda não teve nem sequer os serviços iniciados. Já a dos Motoristas e Padre Cícero tiveram os trabalhos totalmente paralisados poucos dias depois de iniciados. Nos locais, restam terra, entulhos e sujeira acumulada com a obra.

“Às vezes os pedreiros aparecem aí na praça e às vezes não, e nos últimos dias não tenho os visto na praça”, relatou um comerciante que atua próximo à Praça dos Motoristas e que pediu para não ser identificado.

De acordo com a Prefeitura, os investimentos nas três obras é de R$ 140.293,33. O município, no entanto, não divulgou para a população e nem para a imprensa qual o projeto existente para as três praças, sobre como os espaços devem ficar depois das reformas concluídas.

Praça dos Correios. Foto: Reportagem / BJ1

O BJ1 entrou em contato com a Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Belo Jardim, que por meio de nota informou que, segundo a Secretaria de Obras, “as reformas das praças estão dentro do calendário de planejamento e não estão paradas. Sobre a Praça dos Correios, os serviços serão iniciados quando a empresa vencedora da licitação iniciar a entrega dos materiais necessários.”

A prefeitura, no entanto, continua sem divulgar os detalhes do projeto das três praças para a população, não se sabe publicamente como os espaços ficarão depois de revitalizados.

Praça dos Motoristas. Foto: Reportagem/ BJ1

print