Foto: Arquivo / BJ1

Uma parte dos motoristas que realizam o transporte escolar municipal da Prefeitura de Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, estão ameaçando paralisar os serviços caso os salários atrasados não sejam quitados até a sexta-feira (6).

De acordo com a categoria, os meses de maio e junho estão atrasados e até o momento a empresa responsável por efetuar o pagamento dos motoristas não estipulou uma data para a quitação dos vencimentos. “Se não sair o pagamento até semana que vem iremos novamente para a frente da prefeitura protestar, como aconteceu na época de João Mendonça”, afirmou um motorista que não quis se identificar com receio de represarias políticas.

O BJ1 teve acesso com exclusividade ao contrato firmado entre a Secretaria de Educação e a Empresa Vênus Transportes e Locações, responsável pela contratação e pagamento dos motoristas. O contrato foi firmado em 30 de abril deste ano com duração de doze meses no valor de R$ 3.583.870,03.

A nossa reportagem tentou entrar em contato com a empresa Vênus Transportes e Locações, mas até o fechamento desta matéria não obteve êxito. Já a assessoria de imprensa da Prefeitura de Belo Jardim não enviou nenhum posicionamento sobre o caso até a publicação desta matéria.

print