Foto: divulgação/Polícia Federal

NE10 Interior

Dois homens foram presos em flagrante nesse fim de semana na BR-423, no município de São Caetano, no Agreste de Pernambuco. De acordo com a Polícia Federal, a prisão foi realizada pela Companhia de Policiamento do Meio Ambiente (1ª Cipoma), da Polícia Militar, após receber denúncias de que havia um suspeito saindo do interior da Bahia com destino a Pernambuco transportando animais silvestres.

Um bloqueio foi montado na rodovia e a polícia identificou o veículo que transportava várias aves silvestres. Dentro do carro foram encontrados 1.024 pássaros, das espécies craúnas, concriz, trinca-chãos, papa-capins, canários da terra, rolinhas fogo-pagou, caboclinhos, patativas, manés mago, galos campina e papagaios. Os animais estavam no banco de trás e da mala, alguns deles já mortos devido ao tamanho do espaço.

Os suspeitos, o autônomo Vandeilson Cordeiro de Carvalho, 24 anos, e Ademar José da Silva, que não tinham antecedentes criminais, não tinham guia de trânsito para transportar os animais. Vandeilson foi autuado por transportar espécimes da fauna silvestre sem autorização, por maus tratos a animais silvestres e por dirigir veículo sem permissão. Ele foi levado para audiência de custódia. Já Ademar foi autuado através de Termo Circunstanciado de Ocorrência e liberado.

Interrogatório

Em interrogatório na sede da Polícia Federal em Caruaru, Vandeilson informou que não tinha autorização para transportar os animais e que havia adquirido as aves no município de Carlos Sales, na Bahia. O suspeito disse ainda que adquiriu os pássaros por aproximadamente R$ 15 mil e os venderia por R$ 17 mil. Na residência dos dois suspeitos, foram encontrados outros pássaros, totalizando 1.098 pássaros. Os animais foram entregues no Centro de Tratamento de Animais Silvestres do CPRH.

print