Divulgação

Ao contrário da Festa das Marocas, que foi realizada entre os dias 19 e 22 deste mês, a Corrida da Galinha, na cidade vizinha de São Bento do Una, movimenta a economia da região e lotou os principais hotéis de Belo Jardim. A Festa da Galinha, como também é conhecida, tem início na quarta-feira (31) e segue até o dia quatro de agosto.

+ Prefeita de São Bento do Una fala sobre expectativa para a Corrida da Galinha

No dia 24 deste mês, o BJ1 fez o balanço sobre a Festa das Marocas em Belo Jardim e conversou com comerciantes de diversos seguimentos do município, e a frase dita por todos foi a seguinte, “parece até que não teve festa”. Considerado um verdadeiro fracasso, o evento não atraiu turistas para a cidade.

Já a Corrida da Galinha, que é realizada em São Bento do Una, lotou os principais hotéis de Belo Jardim. A reportagem do BJ1 entrou em contato com os principais hotéis da cidade na manhã desta segunda-feira (26) e todos estão com lotação entre 70% e 100% para o período da festa.

O Jardim Plaza Hotel, no centro da cidade, está com a ocupação em torno de 70% e a procura ainda continua boa. A expectativa é que seja igual ou até melhor que ano passado.

Já a gerente do Hotel Lacazzona, às margens da BR-232, conta que não tem como comparar a procura de clientes para a Corrida da Galinha com a Festa das Marocas. “Desde o ano passado a gente está com uma demanda muito boa para esse período. O índice de reserva nosso está muito bom. Essa semana temos alguns dias que estamos sem disponibilidade no hotel. Na Redenção, a gente te só 13 reservas e foi para um pessoal que participou de uma feijoada na Siqueira Campos. Mas pessoas de fora que vieram para Redenção, não tivemos demandas no hotel”, explicou.

A gerência do Hotel Asa Branca, às margens da BR-232, também comemorou a procura de clientes para o período da Festa da Galinha. “As expectativas são muito satisfatórias. Estamos com lotação 100%. Com relação aos anos anteriores, graças a Deus mantemos e melhoramos nossa disponibilidade e estamos ampliando o nosso hotel para atender este público”, disse.

“Porem, com relação à festa das Marocas não foi tão boa, mas tivemos uma grande quantidade de hóspedes devido a festas de alguns familiares de nossa cidade e o evento dos ex-alunos do IFPE”, detalhou um funcionário.

print