Coronavírus: Belo-jardinenses se solidarizam oferecendo serviços para evitar contaminação na cidade

Belo Jardim Notícias Urgente

Vamos espalhar amor e esperança ao invés de Coronavírus

O assunto da vez é Coronavírus, não há como negar… A ordem é ficar em casa, se resguardar, estar em quarentena…. Preocupados com a propagação do vírus em Belo Jardim, algumas iniciativas positivas se destacam restaurando a fé na humanidade.

As ações são diversificadas, mas todas com um único objetivo: manter as pessoas em casa, principalmente as que estão no grupo de risco. Pedro Victor Belarquino é um garoto de 16 anos que entendeu que a necessidade vai além da vontade estar junto aos amigos, fazendo coisas típicas da idade.

Em sua página do Instagram, ele se ofereceu para ajudar os idosos ou qualquer pessoa que não possa sair de casa, indo às compras por elas.  A publicação do jovem teve mais de 1.500 curtidas e as pessoas elogiaram a atitude nobre do rapaz.

“Moro em BELO JARDIM e se você tiver mais de 60 anos ou está na classe de risco eu me ofereço para ir 1,2,3x por semana p/ você ao mercado, é só fazer uma listinha, já que não faço parte da classe de risco. Não cobrarei nada por isso, pode me chamar no direct mesmo! Só não saia de casa, isso vai passar se todos tivermos cautela, posso buscar seus remédios na farmácia e no posto também! É só me procurar!! Ahhhh, pode ser em qualquer parte da cidade. #correntedobem Meu Telefone: 81991974370”.

De acordo com Pedro Victor, ainda não solicitaram o serviço, mas ele diz que está à disposição para ajudar a quem for. “A preocupação é grande, não é coisa que se brinque. Mas, não faço parte do grupo de risco, então não custa nada quebrar esse galho”, disse Pedro.

A professora Gerlanne Kelli de S. Mendes e segurança patrimonial Carlos Rafael Mendes são papais do Pietro, 9 anos, e do João Gabriel, um menino de apenas 4 anos, que ainda não está totalmente alfabetizado, mas que já compreendeu a importância de ficar em casa e pediu ajuda para escrever uma mensagem de apoio e fé. O gesto é motivo de orgulho para os papais e também foi bastante elogiado na internet.

“Eu, João Gabriel, estou bem. Quero que as pessoas fiquem em casa e orem pelo Coronavírus e pelas outras pessoas”, escreveu o garoto.

“Tento ensinar para os filhos a importância da empatia, de se colocar no lugar do próximo, de não pensar apenas em si próprio”, disse Gerlanne.

A iniciativa da cartinha surgiu após a ‘Caixa dos Sentimentos’, atividade da realizada na escola onde Gerlanne trabalha, que tratava de colocar os sentimentos em uma cartinha e depois ler com os pais. “Quando eles tem a necessidade expressar alguma coisa, eles escrevem um bilhete… Ele pediu para dizer as pessoas que ele estava em casa e que as pessoas orassem para que a doença acabasse logo”, disse emocionada a professora.

E para facilitar a vida das pessoas, após decreto municipal e estadual, que prevê o fechamento de alguns estabelecimentos comerciais, algumas empresas aderiram ao sistema de Delivery.

Com isso, alguém criou uma perfil no Instagram com o título: FICAEMCASABELOJARDIM. A descrição do perfil informa que “a intenção é única e exclusiva de ajudar que todos encontrem em um só lugar opções de restaurante e serviços em geral que estejam fazendo entrega com o fechamento do comércio. Não temos nenhum fim lucrativo e a divulgação não custa nada”, publicou o dono do perfil. O BJ1 enviou mensagem, mas, até o fechamento desta matéria não obteve resposta.

print

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *