Reprodução

Em entrevista ao programa Itacaité Notícias, da Rádio Itacaité FM, de Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, nesta sexta-feira (25), o gerente regional da Compesa, Gilvandro Tito, afirmou que houve vandalismo provocado por terceiros em alguns trechos da Adutora do Agreste no município. Segundo ele, alguns dispositivos de proteção foram danificados e a companhia prestou queixa na Delegacia de Polícia Civil para que o caso seja investigado.

+ Documento contradiz Estado e mostra que governo federal não parou o envio de verbas para a Adutora do Agreste

Ouça o trecho da entrevista em que Gilvandro Tito explica o caso:

print