(Foto: Blog A voz do Povo).

Inaugurada em 06 de maio de 2016, pelo ex-prefeito cassado e condenado, a Praça de Alimentação Celestino Conserva, na Cohab I, em Belo Jardim, no Agreste, está abandonada e praticamente sem uso. Localizada às margens da BR-232, o local já registrou diversos assaltos e um homicídio.

Insatisfeita com a situação da Praça, a comerciante Josefa do Socorro, de 60 anos, pede providências por parte da Prefeitura Municipal. “É um verdadeiro abandono, a prefeitura não fornece água, não fornece gente para fazer limpeza, não faz nada, está um verdadeiro abandono”, relatou.

Ainda de acordo com a comerciante, os assaltos e a sensação de insegurança é frequente. “A roubalheira está demais, ontem mesmo, foram e arrombaram, quebraram o teto, foram por cima e destelharam tudo, só são três barracas funcionando naquele canto, e não tem solução”, lamentou.

Josefa conta ainda, que procurou o governo municipal, mas não adiantou. “Fui até a prefeitura, andei a prefeitura toda e não encontrei uma pessoa que seja responsável, está demais ali”, disse.

Ela explica também, que a localização da Praça dificulta o comercio e atrai assaltantes. “Ali é péssimo, é só para a pessoa ir cumprir horário. É um canto muito desagradável, ele fez uma coisa errada, tirou do canto certo para colocar ali. A prefeitura precisa arranja uma solução, retirar nós dali ou se não desativar, porque está sem futuro”, criticou.

print