Motoristas do TFD denunciam o caso nas redes sociais. Foto: Reprodução/Facebook

Os motoristas que fazem o transporte de pacientes do Tratamento Fora de Domicílio (TFD) estão ameaçando paralisar as atividades caso a Secretaria de Saúde de Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, não efetue o pagamento dos salários atrasados referente aos três últimos meses.

De acordo com um funcionário que não quis se identificar por receio de sofrer represálias, os salários referentes aos meses janeiro, fevereiro e março ainda não foram quitados. “A gente se reuniu [os motoristas] e decidimos paralisar caso o pagamento não seja feito até sexta-feira (26). O coordenador foi falar com o secretário Zé Pereira e a resposta dele foi que não tinha previsão para o pagamento, como é que pode?”, questionou o motorista.

Em entrevista ao BJ1, o secretário de Saúde de Belo Jardim, José Pereira, confirmou o atraso no salário dos motoristas e afirmou que o pagamento já está sendo providenciando e “será efetuado até a sexta-feira”.

print