Arquivo/Divulgação/Compesa

Durante visita ao município de Pesqueira, no Agreste de Pernambuco, onde a Companhia Pernambucana de Abastecimento (Comepsa) realiza o conserto de um trecho da tubulação da Adutora do Agreste que se rompeu, o diretor regional do interior da Compesa, Marconi Azevedo, assegurou que a cidade Belo Jardim, também no Agreste, deverá começar a ser abastecida pelas águas do Rio São Francisco em poucos dias.

“Houve uma ruptura na tubulação, mas os reparos estão em um estágio adiantado. A nossa previsão é que Belo Jardim comece a ser abastecida pela adutora em até 15 dias”, afirmou.

Caso a previsão da companhia não se concretize e o município não comece a ser abastecido pelas águas do Rio São Francisco por meio da Adutora do Agreste, com atual situação hídrica, água nas torneiras dos belo-jardinenses só haverá até a segunda quinzena de dezembro, de acordo com a Compesa.

print