Foto: Reprodução / Arquivo

O principal reservatório do município de Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, a barragem do Bitury, que comporta até 18 milhões de metros cúbicos de água, está atualmente com 1.100.000 m³, ou seja, 6,5% de sua capacidade total. As informações são da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa).

Já o maior reservatório de Belo Jardim, a barragem Pedro Moura Júnior / Ipojuca, está com 6,5% da capacidade, porém a companhia não está captando do reservatório, por ser considerada impropria para consumo humano.

O reservatório de Tabocas Piaça, localizado no distrito de Serra do Vento, está com 80% da capacidade total, ou seja, 900.000 m³.

Uma provável mudança no atual calendário de abastecimento da cidade só será avaliada após a chegada das águas do Rio São Francisco, através da interligação da Adutora do Moxotó com a Adutora do Agreste, prevista para o final do mês de novembro, conforme informou a companhia. “A fase de testes já começou e avança no sentido de Arcoverde a Belo Jardim. Com isso, os moradores de Belo Jardim vão ter água nas torneiras para enfrentar o período de seca e não dependerão mais exclusivamente das Barragens do Bitury e de Tabocas-Piaça”, disse a Compesa por meio de nota.

print