Reprodução / Arquivo

Uma aluna da Faculdade do Belo Jardim (FBJ), entidade vinculada à Autarquia Educacional de Belo Jardim (AEB), que não quis se identificar, denunciou o atraso no pagamento dos salários de dois meses dos professores contratados da instituição. De acordo com a denunciante, surgiu um boato em que se fala que os professores não irão receber mais quando o período letivo terminar, ou seja, este mês.

Ainda segundo ela, em outubro, alguns docentes tiveram que faltar aula devido falta de pagamento. Na época, o BJ1 denunciou o caso em que os professores estariam com três meses de salários atrasados.

Leia abaixo a denúncia na íntegra:

Olá, boa tarde! Gostaria de fazer uma denúncia anônima conta a AEB.

“Veja bem, está se falando nos corredores da faculdade que os professores contratados estão sem receber a 2 meses e agora surgiu um boato onde se fala que se fala que os professores não irão receber mais quando o período letivo terminar (que no caso acaba agora pelo começo de dezembro). Sou aluna da instituição e como pago minhas mensalidades em dia, creio que eu tenha o direito de procurar por isso.

Nossos professores nunca faltaram uma aula sequer, sempre estavam dispostos a atender os nossos chamados sejam por e-mail ou através do WhatsApp. Agora é uma falta de respeito tanto com eles quanto com nós que somos alunos. Na reclamação passada que teve aqui no blog por conta dos 3 meses que estavam atrasados, alguns professore tiveram que faltar aula por conta de não ter mais de onde retirar dinheiro. Isso é algo inadmissível, visto que pagamos a instituição e dependemos dos professores para concluir a nossa graduação e eles estão sendo tratados como um Zé ninguém.

Então gostaria de fazer essa denúncia para ver se a instituição fala alguma coisa sobre o fato que comentei acima. Por que você pagar e ver seus professores que tanto batalham e lutam para estarem lá no horário correto, que lutam para pagarem suas contas serem tratados dessa maneira. Dinheiro a instituição tem, agora para onde esse dinheiro está sendo levado fica o questionamento”.

AEB admite atraso de salários

Por meio de nota assinada pelo presidente da AEB, a entidade confirma o atraso no pagamento de servidores. Leia a seguir a íntegra do comunicado enviado ao BJ1:

“Quanto a nota publicada pela aluna anônima, esclarecemos que temos algumas pendências de pagamento em relação aos professores contratados em virtude de ajustes e recebimento de mensalidades de alunos. Tradicionalmente isso é normal na história da AEB quando se aproxima o final do ano. Todavia estamos tomando todas as providências para que em breve, quaisquer pendências em relação a pagamentos sejam tomadas”.

José João Ribeiro
Presidente da Autarquia Educacional do Belo Jardim

print