Advogado exige abertura de investigação sobre explosão da caldeira do matadouro público de Belo Jardim no ano passado

Belo Jardim

Redação BJ1.

B57A explosão do matadouro público, que ocorreu em 2014, é alvo de um pedido de investigação protocolado no Ministério Público. O pedido feito pelo advogado Leandro Martins se baseia na inércia da polícia em investigar o caso. Segundo consta no pedido, não houve sequer um inquérito aberto.

De acordo com a nota divulgada pelo advogado, a explosão colocou a vida de mais de 60 pessoas em risco e “Não existe se quer boletim de ocorrência”.

Explosão

A caldeira explodiu por volta das 4h da manhã do dia 14/07/2014. Segundo funcionários, a explosão aconteceu 15 minutos após a caldeira ser ligada e que a caldeira funcionava a lenha. Em entrevista ao G1 Caruaru na época, o Secretário de Agricultura do Município, André Rocha, disse que “foi algo inesperado”, que a caldeira “explodiu antes mesmo de pegar pressão”.

(Foto/Jardim Do Agreste)

print

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *